Siga aquele link –> Ricardo Hantzschel

Meu link de hoje é sobre o fotolivro Sal do fotógrafo Ricardo Hantzschel, lançado há pouco no Festival de Fotografia de Tiradentes, e ganhador do prêmio Marc Ferrez de Fotografia 2014.

As fotografias, belíssimas, foram captadas por Hantzschel em salinas na Região dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro, ao longo de anos. Depois, as imagens foram impressas utilizando uma técnica antiga conhecida como papel salgado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Assim, o mesmo sal extraído das salinas, que marcou a pele dos trabalhores daquele ambiente hostil, deu vida às imagens impressionantes. Nas palavras de Paula Braga, que assina um dos textos do livro:

Nas paisagens feitas nas salinas de praia Seca e Arraial do Cabo, Hantzschel achou um mundo que também é mais matéria do que imagem, mundo áspero, dos homens de pele ressecada, um real a que teremos cada vez menos acesso, à medida que viraremos digitais, em alta definição e baixa realidade.

E de lá mesmo pegou a saca de sal usado no processo de impressão da imagem no papel pincelado com gelatina e prata. Feitas com o sal que retratam, cada uma dessas fotos tem o tempero do real, pitadas daquilo que representam salpicadas na matéria da qual são feitas.

LINK –>

Saiba mais sobre Ricardo Hantzschel e as fotos do livro Sal, abaixo!

 

Siga aquele link –>

Com o lançamento da coleção de Kim Kardashian para C&A, que aconteceu ontem (11.0515), vem bem a calhar este artigo de Teri Agins –autora de livros como Hijacking the Runway: How Celebrities Are Stealing the Spotlight from Fashion Designer— sobre os mecanismos que levaram as celebridades a ocupar o lugar que antes era exclusivo dos estilistas. Ela fala, inclusive, sobre o fracasso da marca Kardashian Kollection lançada pela Sears em 2011. Publicado no BoF. LINK –>

By 2013, Sears shoppers were no longer keeping up with the Kardashian Kollection. I saw this for myself at the Yonkers, New York branch of Sears, where a shoddy spread of clothes, flimsier than Halloween costumes, went virtually untouched at 50 percent off, alongside last-chance $9.99 markdowns on the “Klearance” rounder.

A família Kardashian no lançamento da Sears.

A família Kardashian no lançamento da Sears.

 

 

Siga aquele link –>

(11.05.15) Uma seleção muito pessoal de notícias sobre moda, exposições, seções de consumo, etc.

O caderno Mercado, da Folha de São Paulo, traz uma matéria sobre a autuação da Zara pelo Ministério do Trabalho por não cumprir o termo de ajustamento de conduta (TAC) feito depois que fiscais constataram que uma empresa subcontratada utilizava mão-de-obra de imigrantes em situação degradante de trabalho. LINK –>

Nota: Na minha opinião, os consumidores (sim, você, eu, e todos os outros) deveriam se conscientizar que uma camiseta não pode custar o mesmo que um capuccino, sem que haja algo profundamente errado em sua produção. 

To see Venice and DIVE. Melhor manchete EVER, essa do Daily Mail, no dia 7 de maio, quando uma passarela entrou em colapso e jogou, no Grande Canal, em Veneza, um punhado de convidados que estavam prestes a entrar na Fundazione Prada, durante a Bienal de Arte de Veneza. Veja a série completa de fotos. LINK –>

fondazione_prada_venice

É uma performance? Arte de guerrilha? Foto: Divulgação/Daily Mail

O WWD reporta a homenagem aos 20 anos de carreira do estilista Francisco Costa, feita pelo Pratt Institute durante o desfile anual de formatura da instituição.  LINK –>

A atriz Rose Byrne e o estilista Francisco Costa

A atriz Rose Byrne e o estilista Francisco Costa. Foto: Rodin Banica (WWD)

Ainda no WWD: Massala pode até ser a cor do ano, mas os acessórios em pauta no site exibem tons de verde esmeralda. LINK –>

 

Bolsa Les Petits Joueurs

Bolsa Les Petits Joueurs. Foto: Divulgação

Ainda sobre Frida Kahlo, tem um texto bem bacana escrito por Guy Trebay, no NY Times. A matéria fala, entre outras coisas, sobre o poder da imagem da artista que apesar de ser reproduzida à exaustão, não perdeu a força. LINK –>

Frida Kahlo em 1950

Frida Kahlo em 1950

Siga aquele link!

Mesmo tendo pouco tempo para escrever aqui, decidi voltar a postar e compartilhar informações bacanas que encontro na internet, quase diariamente. A nova seção, quem sabe, possa ser útil para quem estuda ou pesquisa moda: SIGA AQUELE LINK –>

O BOF (Business of Fashion) tem uma postagem bem interessante sobre as marcas que receberam apoio da Comme des Garçons: Junya Watanabe,  “Tao” de Tao Kurihara, “Ganryu”  de Fumito Ganryu, e “Noir by Kei Ninomiya”, do designer Kei Ninomiya (lançada em 2012). LINK: –>

Em sentido horário, a partir do alto à esq:. Junya Watanabe, Tao Kurihara, Fumito Ganryu, Junichi Abe, Chitose Abe, Kei Ninomiya

Em sentido horário, a partir do alto à esq:. Junya Watanabe, Tao Kurihara, Fumito Ganryu, Junichi Abe, Chitose Abe, Kei Ninomiya

No The Guardian, o destaque é a influência do estilo de Frida Kahlo, 60 anos após sua morte. Uma exposição fotográfica com 300 ítens de vestuário da pintora mexicana será inaugurada, dia 14 de maio, na galeria londrina Michael Hoppen. LINK: –>

Frida Kahlo A blusa com estilo corset e saia longa, típicas do estilo de Frida Kahlo. Foto: Ishiuchi Miyako/Michael Hoppen Gallery

Blusa com estrutura de corset e saia longa, típicas do estilo de Frida Kahlo. Foto: Ishiuchi Miyako/Michael Hoppen Gallery

A seção Vintage, do The Cut, selecionou acessórios para quem quer se inspirar no estilo excêntrico de ícones como Iris Apfel, Diane Pernet e Susie Bubble, etc. Achei bem sacado. LINK:–> 

Look vintage inspirado na excêntrica Catherine Baba

Look vintage inspirado na excêntrica Catherine Baba

WWD comenta o fato do smoking ter aparecido em vários desfiles de haute couture, como Gianbattista Valli, Jean Paul Gaultier, Atelier Versace, Schiaparelli, Giorgio Armani Privé, e outros. Levando-se em conta a tragédia que foi o red carpet do Met Gala 2015, algumas celebs fariam bem ao adotar o look. LINK:–>

Desfile de Gianbattista Valli

Desfile de Gianbattista Valli

Pequena galeria de fotos poéticas

Fotógrafo conhecido na área da moda e da publicidade, Marcio Simnch tem exercido a criatividade também em trabalhos pessoais.

Mixando ampliações fotográficas, polaroids, citações e intervenções gráficas, Marcio contrói colagens poéticas e inspiradoras, que podem ser conferidas no tumblr: small gallery.

As cópias são únicas, e podem ser adquiridas por preços acessíveis (entre R$ 200 e R$ 350) entrando em contato diretamente com ele. Uma ótima oportunidade de ter obras originais em casa, para alegrar os olhos e o espírito!

Clica lá: http://smallgallery.tumblr.com