domingueira no cinema

 Assista ao trailler de “Darjeeling Limited“, novo filme de Wes Anderson (“Os Excêntricos Tenembaums” e “A Vida Marinha de Steve Zissou”), que estreou nos EUA neste final de semana. Segundo a sinopse do roteiro, trata-se da história de 3 irmãos (interpretados por Adrien Brody, Owen Wilson e Jason Schwartzmann) que não se falam há tempos e decidem fazer uma viagem de trem pela Índia para se reconectar. 

Esta semana, Alexandre Inagaki, no blog Virunduns falou sobre o curta-metragem “Hotel Chevalier”, de Wes Anderson, em que Natalie Portman aparece nua, contracenando com Jason Schwatzmann. Parece que o curta foi produzido como um complemento de “Darjeeling Limited”. Confira!

sonho de criança

isabela-capeto-e-luciana-schiller.jpg

Isabela Capeto (à esq.) é famosa pelo estilo artsy chic. Suas coleções com peças decoradas manualmente já conquistaram um público fiel de mulheres que curtem conjugar artesanato com sofisticação.

Luciana Schiller (à dir.), por sua vez, ocupa  um lugar de destaque quando se fala em moda infantil. A consultora de estilo é responsável pela marca infantil Petit Retrô, onde aplica delicadeza e bom gosto supremos a cada roupinha e acessório.

 Imagine o resultado da união das duas, em torno de uma coleção coleção infantil costurada a 4 mãos! Luciana Schiller cuidou dos desenhos e das modelagens. Isabela Capeto entrou com os tecidos e os bordados. E assim nasceram adoráveis vestidos, saias, camisetas e jaquetas para meninas de 4 a 8 anos.

isabela-capeto-panorama-inf.jpg

O lançamento acontece hoje, na loja de Isabela Capeto, nos Jardins. No sábado, dia 29, é a vez da loja carioca festejar o acontecimento. E à partir do dia 1º de outubro, você também pode conferir a coleção na loja da Petit Retrô que fica escondidinha num quintal charmosíssimo, na Vila Madalena. Apareça!

convite-isabela-capeto-infantil.bmp

Isabela Capeto: rua da Consolação, 3.358, tel. (11) 3898-1878, SP / rua Dias Ferreira, 45B, tel. (21) 2540-5232, RJ

Petit Retrô: rua Wisard, 273, tel. (11) 3032-6334, SP

white chalk

Maravilhoso o novo disco de PJ Harvey. O lançamento mundial aconteceu esta semana, dia 24 para ser mais exata. Confesso que já tinha ouvido antes, porque o disco “vazou” na internet. Achei etéreo, maravilhoso. Escute aqui!

[audio:05whitechalk.mp3]

pj-harvey-cover.jpg

Gostou? Dá para ouvir mais no site oficial da artista. Aqui!

E a foto da capa do disco (acima) me levou a pensar que se PJ Harvey conhecesse o estilista Lino Villaventura, certamente estaria usando um vestido dele.

Lembra do post que eu publiquei aqui, na época do último desfile do Lino no SPFW, falando sobre a belíssima coleção, inspirada nas imagens do fotógrafo japonês Hiroshi Sugimoto? Reveja a foto feita nos bastidores, por Rogério Cavalcanti.

lino-polaroid001.jpg

embrião

 tijuana-projeto-ovo.jpg

 A Ovo, uma das lojas de design mais bacanas de São Paulo, está patrocinando um ciclo de palestras sobre o pensamento criativo. Em encontros semanais e gratuitos, sempre às quartas-feiras, convidados para lá de especiais –de áreas distintas como arte, arquitetura, gastronomia, moda e cinema– falam sobre suas experiências criativas.

 Na semana passada, Eduardo Brandão e Eliana Finkelstein, sócios da Galeria Vermelho, contaram tudo sobre seu mais novo projeto: o anexo Tijuana. “O espaço, surgiu da necessidade e da vontade de expor obras que não interagiam bem com o espaço da galeria”, diz Brandão.

Livros de arte, obras de pequenas dimensões e peças que demandam mais tempo e atenção para serem apreciadas agora vão dispor de um local apropriado, ao lado da galeria-mãe. A inauguração está prevista para o dia 23 de outubro.

O nome Tijuana surgiu à partir da simbologia da fronteira, em termos físicos e políticos. “Queríamos criar um local de resistência, que questionasse a própria função da galeria”, explica Brandão.

A arquitetura do novo espaço ficou a cargo de Paulo Mendes da Rocha e de José Armênio de Brito Cruz. O design do interior (que você vê acima), à cargo de Luciana Martins e Gerson de Oliveira, da Ovo.

Nesta quarta-feira, dia 26, às 20 horas, o convidado é Pedro Mendes da Rocha, arquiteto especialista em projetos de exposições e espaços museológicos. Ele vai comentar trabalhos como o restauro do Jardim das Esculturas do MAM SP, e a implantação do Museu da Língua Portuguesa na Estação da Luz, feito em colaboração com o pai, Paulo Mendes da Rocha. Eu vou lá!

Quem quiser ver a programação completa das palestras pode acessar o site da Ovo, aqui.

veja e ouça

No dia 13 de setembro noticiei aqui a abertura da belíssima exposição do fotógrafo Marcio Simnch, na galeria Mezanino. Ao visitá-la, fiquei sabendo que as fotos têm estreita ligação com as músicas que Simnch ouvia no Ipod, quando fez o registro das imagens, durante uma viagem.

A idéia de unir imagem e som me pareceu boa demais para passar em branco, então pedi a ele que me mandasse o set list. E gostei tanto do que vi quanto do que ouvi. Confira também!

Pieces of the People we Love, The Rapture

[audio:02PiecesOfThePeopleWe Love.mp3]marcio-1.bmp

The Golden Gage, Whitest Boy Alive

 [audio:09GoldenCage.mp3]
marcio-2-golden-cage.bmp

Get Big, Okkervil River

[audio:05GetBig.mp3]
marcio-4-get-big.bmp

Let’s Call it Off, Peter Bjorn and Johnspan

[audio:08Letscallitoff.mp3]
 marcio-2-lets-call-ir-off.bmp

As fotos da exposição de Márcio Simnch podem ser vistas na galeria Mezanino até dia 5 de outubro. Lembrando que a Mezanino fica na sobreloja da Banca de Camisetas, na Alameda Franca 1104, e está aberta de segunda a sábado das 10 às 20 hs.

(Lots of thanx to Fábio Resende pela assessoria técnica)

domingueira vintage

No último domingo postei o vídeo de Freedom 90, hino dos anos 90 de George Michael. Hoje, que tal ir um pouquinho mais longe, até aquela década exagerada em que as calças vinham em versão semibag e clochard, as ombreiras exibiam tamanho maxi e os cabelos eram armados com gel?

Com vocês: os anos 8o na versão de Take on Me, do A-Ha. A música fazia parte do primeiro disco da banca, Hunting High and Low, lançado em 1985.

E a sensacional sátira do clipe, com o personagem Chris, do seriado Family Guy (Uma Família da Pesada).

A pauta incrível é cortesia do blog Virunduns, por Alexandre Inagaki

mural

 conviteweb_daslu_urban2-cut.jpg

Logo mais, às 19:30hs, na Daslu, rola o coquetel de abertura da Urban Art, exposição coletiva de arte urbana com os feras: Flavio Samelo, Stephan Doitschinoff, André “Pato”, Bruno Kurru, Felipe “Mottilaa” Motta e Felipe “Flip” Yung. A curadoria é da Kultur.

Estou tentando não ser preconceituosa, mas acho que pode ser divertido ver no que dá a miscigenação entre grafiteiros e patricinhas. Um passarinho me contou que os artistas receberam instruções para “não fazer coisa feia”!!! Será que eles “obedeceram”? rsrsrs

Eu vou até lá conferir!

Urban Art Daslu: de 18 a 29 de setembro, das 10 às 20 hs, na Galeria Daslu. Av. Chedid Jafet, 131, tel. (11) 3841-4000.

O xis da questão

No mês passado, Tom Ford causou um certo frisson ao reformular a campanha de lançamento do seu primeiro perfume masculino. As fotos feitas por Marilyn Minter, em que o próprio estilista aparecia de peito nu, foram trocadas por imagens mais “gráficas e diretas”, clicadas por Terry Richardson.  

Esta semana, o site BoingBoing chama a atenção para a curiosa similaridade entre o anúncio de Ford e outro, de um site chamado Smell Me, que divulga um perfume chamado Vulva. Parece que o produto vendido pela Smell Me se propõe a recriar o odor natural da genitália feminina (!!!). É, pelo jeito está rolando uma nova tendência de posicionamento de produto na perfumaria. Confira abaixo.

tom-ford-e-vulva.jpg

À esq., a nova campanha de Tom Ford; à dir., anúncio do perfume Vulva

Dia Mundial Sem Carro

Dia 22 de setembro é o Dia Mundial Sem Carro, e  dá só uma olhada na campanha de divulgação! O garoto-propaganda é o “cara do carro amarelo”, sim, aquele figura que vira-e-mexe aparece dando pinta nas esquinas da cidade, vestido com paletós espalhafatosos que, segundo a lenda, são confeccionados pela esposa. Sensacional!

A data foi instituída inicialmente na França, em 1997. Aqui no Brasil, acontece desde 2005 por iniciativa da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente “com o objetivo combater a poluição do ar, a emissão excessiva de gases efeito estufa, e estimular a adoção de políticas públicas de transportes coletivos de boa qualidade e o uso de modos não motorizados de transportes”.

É claro que um dia de campanha é muito pouco para despertar a consciência ecológica das pessoas. É mais irrisório ainda, quando se pensa na precariedade do transporte público, na lentidão da implantação do metro e na falta de ciclovias na cidade. Mas é uma boa desculpa para deixar o carro em casa, neste sábado. Vamos? Sem paletó amarelo, tá!

via Sampaist

passarela em branco

 marc-jacobs-set07.bmp

Quem acompanha o blog deve ter percebido que ainda não comentei um único desfile desta temporada internacional. Bem… eu poderia culpar a falta de tempo (parcialmente verdade) mas, na real, ando sem vontade de me debruçar sobre o que tem acontecido nas passarelas do hemisfério norte. Daqui a pouco passa, se eu me empolgar com algum desfile memorável. Ou não.

Enquanto isso está todo mundo em polvorosa por causa da apresentação irônica do Marc Jacobs. Gostei do post escrito por Mario Mendes, no seu blog Grão Mogol. Leia aqui.